Educação

Educação é comemorada nesta terça-feira em nível mundial

Data, instituída pela ONU, debate em 2023 o acesso ao ensino das afegãs. No Brasil, autoridades ressaltam a importância da qualidade

 

O Dia Internacional da Educação, comemorado nesta terça-feira, foi criado para ressaltar o papel deste setor para a paz e o desenvolvimento. A data, instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), este ano é dedicada às meninas e mulheres do Afeganistão. Segundo a Organização, “80% delas, em idade escolar, estão fora dos colégios, por decisão das autoridades de negar o acesso à educação”.

 

 

 

 

A secretária estadual da Educação, Raquel Teixeira, destaca neste dia os desafios educacionais do século 21, o novo Ensino Médio, a formação docente, as estratégias para recuperação das aprendizagens, o papel do professor, o desenvolvimento do potencial dos estudantes e o fortalecimento das políticas públicas de alfabetização. “Vivemos transformações profundas na Educação. A reforma do Ensino Médio alinhada à BNCC (Base Nacional Comum Curricular) articula as competências cognitivas com as socioemocionais e promove uma educação integral do aluno. O foco deixa de ser o professor e o ensino e passa a ser a aprendizagem e o estudante. Todas estas iniciativas inovadoras, embasadas pela nova legislação, visam estimular, engajar e fazer com que os alunos se interessem novamente pela escola”, garantiu Raquel.

A titular da Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre (Smed/POA), Sônia da Rosa, ao lembrar a data, assinalou que educar é dar sentido à vida a partir de diferentes lentes, oportunizando a educação formal e o cuidado com as pessoas.

Para o Semesp, entidade que representa mantenedoras de Ensino Superior no país, o dia chama atenção sobre um tema que não tem recebido a devida importância por parte dos governos em todas as instâncias. “O Brasil precisa melhorar a taxa de escolarização líquida da educação superior, que passou de 17,8% para 17,7% e ainda se mantém muito distante da meta 12 do Plano Nacional de Educação, que é chegar a 33% até 2024”, revela a presidente da entidade, Lúcia Teixeira.

Já a presidente do Cpers/Sindicato, Helenir Aguiar Schürer, disse que a celebração é importante para lembrar que a educação é fundamental na formação do indivíduo enquanto ser pensante, além de propiciar oportunidades e ser um agente no combate às desigualdades. “Mas para que a educação consiga cumprir esses objetivos são necessárias políticas públicas que permitam o fornecimento de um ensino de qualidade que garanta inclusão e conhecimento a todos. Além disso, investir em educação só é possível se valorizar os educadores”, declarou.

O Sindicato do Ensino Privado do RS (Sinepe/RS) enfatizou a importância que a educação tem para a humanização das pessoas e o desenvolvimento do país. “Nossa educação precisa integrar os investimentos em estrutura física com melhorias nos processos metodológicos e com profissionais capacitados abertos às novas exigências da sociedade”, alertou o presidente da entidade, Oswaldo Dalpiaz.

 

 
 

 

 

Mais em Educação


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!

Câmara Municipal de Porto Franco

CâMARA MUNICIPAL DE PORTO FRANCO

Endereço: Praça Bandeira, nº 1 \ Centro \ PORTO FRANCO - MA \ CEP: 65970000

Horário de atendimento: 08:00 às 12:00

Contato: (99)3541-2932